Sustentabilidade lucrativa: conheça a nova tendência em investimentos

Tempo de leitura: 3 minutos

É impossível ignorar o fato de que o mundo sofreu profundas e irreversíveis mudanças no tocante à chamada sustentabilidade lucrativa ao longo das últimas décadas. Tivemos a oportunidade de observar os impactos nocivos da ganância inescrupulosa, mas também uma reação transformadora que volta seus esforços para a construção de um futuro mais limpo e justo.

Dentro desse contexto, podemos afirmar sem medo de errar que o mundo corporativo não é mais o mesmo. Isso acontece porque consumidores, investidores, gestores e autoridades públicas também evoluíram. Hoje, já não basta o retorno financeiro e a tendência é que, no futuro, o peso dos fatores ambientais e sociais cresça ainda mais!

Por isso, decidimos dedicar este artigo a tratar exclusivamente dos investimentos sustentáveis. Confira na sequência!

O que é sustentabilidade lucrativa?

Muitas pessoas têm dificuldade em entender o conceito de sustentabilidade porque se aproximam do tema com uma mentalidade equivocada: a de que a economia é um jogo de soma zero, ou seja, para que um ganhe, o outro precisa, necessariamente, perder.

Atividades sustentáveis trazem benefícios para todos os envolvidos: trabalhadores, investidores e a sociedade como um todo. Elas sustentam-se sobre três pilares: o econômico, o social e o ambiental.

Como resultado, criamos um ciclo em que os recursos passam a ser inesgotáveis. É como se tivéssemos uma caixa de bombons infinitos! 

Por que investir em sustentabilidade lucrativa?

É natural que tenhamos um pouco de receio em relação ao novo. No entanto, após um breve momento de consideração, veremos que as iniciativas sustentáveis não apresentam desvantagens em relação a outros tipos de produtos pelo mero fato de serem sustentáveis.

Muito pelo contrário! Negócios sustentáveis têm uma chance muito maior de serem contemplados por isenções fiscais e outros incentivos governamentais. Além disso, gozam de uma reputação muito maior, não apenas entre os clientes, mas com o público em geral.

Tanto é assim que muitas empresas se beneficiam do chamado marketing verde, que faz da sustentabilidade e da gestão ambiental um elemento de competitividade no mercado, entregando para o cliente aquilo que ele procura: produtos que atendam suas necessidades, mas que, ao mesmo tempo, não sejam fruto de trabalho em condições precárias ou de extração predatória, por exemplo.

Por fim, cabe ressaltar que, como já tivemos a oportunidade de mencionar, o retorno econômico é uma das partes do tripé da sustentabilidade. Isso acontece por um motivo muito simples: se o investimento não gerar lucro, ele simplesmente deixa de existir com o tempo e aí nenhum dos outros pilares tem a oportunidade de se desenvolver.

Existem investimentos ecologicamente sustentáveis para o médio prazo?

Em conclusão, vale ressaltar que os investimentos sustentáveis, assim como quaisquer outros, também contam com produtos em patamares diferentes de risco, liquidez e rentabilidade. Então, sim, apesar de, em geral, serem voltados mais para o longo prazo, é possível encontrar o investimento ideal para o seu perfil!

Assim, não é verdade que quando investimos no plantio de árvores, por exemplo, teremos necessariamente que esperar muitos anos para receber os dividendos na época da colheita. É que quanto mais tempo ficamos com esses papéis, mais eles valorizam-se e há a possibilidade de negociá-los a um valor mais alto depois de alguns anos na cadeia de sustentabilidade lucrativa.

E aí, gostou deste artigo? Então assine a nossa newsletter e tenha acesso a muitos conteúdos exclusivos diretamente em sua caixa de entrada!

Sobre RockContent

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *