Portfólio de investimentos: por que e como diversificar

Tempo de leitura: 3 minutos

Ter bons resultados com os investimentos têm mais a ver com estratégia do que propriamente com a quantia investida. Muitas vezes, mesmo investindo pouco, mas de forma correta, é possível obter retornos satisfatórios.

Nesse sentido, uma das formas de otimizar os rendimentos e diminuir os riscos é diversificando o portfólio de investimentos.

O portfólio é a junção dos ativos financeiros escolhidos para investir e fazer o dinheiro render. A sua composição deve ser feita cuidadosamente, analisando os detalhes de cada ativo e comparando-os com o perfil do investidor.

Quer saber um pouco mais sobre essa estratégia? Então, confira no post de hoje algumas informações valiosas sobre o assunto. Acompanhe!

O que significa diversificar o portfólio de investimentos?

De maneira bem simples, diversificar investimentos é exatamente o que sugere a expressão: é uma técnica que se baseia na variação de ativos escolhidos para compor o portfólio.

Em bom português, essa seria uma estratégia utilizada não só para minimizar os riscos de investimentos, por meio de uma alocação de ativos, mas também para permitir que o investidor tenha ganhos mais concretos, desde que tudo seja feito da forma correta.

Quais fatores considerar na hora de diversificar?

A diversificação de um portfólio não é nenhuma receita de bolo, pois existem muitas variáveis capazes de influenciar em seus resultados, especialmente as que dizem respeito ao próprio investidor e à sua forma de compor o portfólio.

Porém, em regra, é recomendado analisar itens como:

Ativos

Ao diversificar, é fundamental analisar bem cada tipo de ativo, especialmente por que cada um tem suas particularidades, como aporte inicial, tempo de resgate e riscos.

Sendo assim, é fundamental equilibrar os ativos, alinhando-os com as suas necessidades e possibilidades.

Nessa hora, é bastante indicado ter as respostas para os seguintes itens:

  • por qual prazo deseja investir?

  • quanto está disposto a investir?

  • está disposto a arriscar para obter melhores resultados?

  • Precisa de dinheiro a curto prazo?

Ao responder esses questionamentos, além de definir o melhor perfil de ativos, será possível definir também o perfil mais adequado de investimentos para o seu portfólio. 

Cálculo de risco

Saber mensurar o risco de seus investimentos é fundamental para poder dimensionar o quanto poderá perder em um tipo de investimento.

Essa medida torna seu planejamento financeiro mais eficaz, pois permite que você utilize essas informações para ponderar os ativos escolhidos no seu portfólio e assim se basear conforme a sua tolerância aos riscos.

Lembre-se de que o seu portfólio deve atender às suas expectativas, necessidades e, especialmente, às suas possibilidades.

Classes de investimentos

Aqui, o recomendado é investir em vários ativos e de classes distintas. Isso implica, por exemplo, se optou por ações, invista em dez delas, se optou por investimentos em renda fixa, invista em cinco deles — a lógica basicamente é essa. Diversifique com investimentos além do mercado financeiro tradicional, como com empreendedorismo e investimentos florestais. 

Tal medida minimiza as oscilações decorrentes de um único tipo de ação. Assim, por exemplo, se investe em dez tipos de ações, quando houver queda em uma ou mais, as outras podem compensar as perdas.

Controle de custos

Outro ponto bastante importante na hora de diversificar o portfólio é analisar os custos.

Os valores cobrados a título de corretagem podem pesar bastante na hora de investir e ainda dificultar os lucros.

Imagine uma corretagem fixada em 3% do total do capital investido. Para que haja lucro ao investidor, o ativo, no mínimo, terá que valorizar mais que 3%.

Desse modo, é essencial diversificar seu portfólio de maneira estratégica, para que, no geral, consiga obter algum lucro.

Por fim, possuir um bom portfólio de investimentos é uma medida altamente recomendada para quem deseja otimizar os ganhos nos investimentos. Os benefícios, como vimos, são atrativos, especialmente no que diz respeito aos riscos.

Agora, que você já conhece um pouco mais sobre a diversificação de investimentos, não pare por aqui. Continue aprendendo. Leia também nosso outro artigo “quais os melhores investimentos para quem está começando”!

Sobre Radix Investimentos Florestais

A Radix visa democratizar os investimentos florestais tornando-os acessíveis e assim propiciar que mais pessoas usufruam de seus benefícios. Nosso crowdfunding florestal é um investimento que gera ganhos financeiros, ambientais e sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *