Entenda como funciona o processo de plantio do Mogno Africano

Tempo de leitura: 3 minutos

O plantio de florestas tem sido um bom investimento na área da produção agrícola. Com a escolha de uma área produtiva e com a adoção correta de plantio e manejo, essa atividade é uma opção muito segura para se investir. O mogno africano, por exemplo, é uma madeira de qualidade superior e que acaba sendo boa alternativa para quem deseja uma oportunidade de unir rentabilidade e sustentabilidade.

Esse mogno vem do continente africano e são quatro espécies conhecidas: Khaya ivorensis, Khaya anthotheca, Khaya grandiflora e Khaya senegalensis. O clima perfeito para essa madeira é o tropical úmido, mas ela também se adapta ao clima subtropical. É importante lembrar que essa é uma madeira muito utilizada na produção de móveis, acabamentos internos, pisos e mobiliários de luxo.

Então, para você entender como funciona o processo de plantio do mogno africano, preparamos alguns passos que devem receber atenção especial. Confira! 

Preparação do solo

A área do plantio pode ser plana ou de morro, apenas devendo ser avaliada a questão logística do processo de plantio e de corte, pois no caso do segundo o custo da mão de obra pode ser elevado e não ser possível um trabalho mecanizado no local.

Adubação e calagem

A análise do solo deve ser levada em conta na hora da adubação. Essa espécie se adapta muito bem à adubação orgânica. Na hipótese de se optar pelo uso de esterco, este precisa estar bem curtido, caso contrário ele será prejudicial para a planta.

Espaçamento entre mudas

Sabe-se que não há uma definição científica baseada em dados de pesquisa sobre o espaçamento ideal para o mogno africano. Porém, muitos agricultores têm adotado medidas de 3 x 2, 4 x 4 e de 5 x 5 m, a depender das características e objetivos do plantio. Na Radix adotamos o plantio 4 x 4m. 

 

Exigência hídrica

É preciso regar essa planta regularmente, por isso o local onde ela será plantada deve ter a presença de água ou chuvas em abundância. O regamento deve ser apenas o suficiente para criar uma umidade visível sobre a superfície, caso necessite ser feito manualmente.

É caro que durante o período chuvoso não será preciso fazer as regas adicionais. Apenas durante as secas. Quando as árvores estão maduras, elas conseguem tolerar a seca sem morrer, mas as jovens precisam de fontes consistentes de água.

Monitoramento

É importante estar sempre monitorando as árvores para sinais de infecção, embora as doenças não ataquem o mogno frequentemente. No entanto, problemas como infecção néctria podem ser desenvolvidos quando a planta está ferida ou estressada.

Para identificar se a árvore está com problemas, procure cascas descoloridas nos seus ramos. Elas podem ser de cor creme ou avermelhada. Lembre-se de que a melhor forma de salvar um mogno dessa infecção é removendo totalmente a madeira que estiver infectada.

Tempo de desenvolvimento

O mogno atinge a sua idade de corte entre 15-20 anos, sendo seu ciclo natural de 18anos. Tendo cuidado especial com a planta, ou seja, controlando o mato, adubando, regando e verificando doenças, o fuste estará com 12-15 m de comprimento e com o diâmetro entre 40-80 cm para atingir o corte.

Essa é uma madeira nobre que tem se adaptado muito bem ao solo brasileiro. Portanto, o plantio do mogno africano é um investimento muito lucrativo para garantir maior qualidade de vida no futuro.

Gostou do post? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter. Assim, você receberá as nossas atualizações na sua caixa de entrada!

Sobre RockContent

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *