Conheça 3 alternativas de investimentos lucrativos em agronegócio

Tempo de leitura: 3 minutos

Nos últimos tempos, a instabilidade política e econômica tem deixado os mercados exaltados. Imerso em um cenário de insegurança — cuja visibilidade de futuro é altamente volátil—, o investidor iniciante se amedronta diante das opções disponíveis para fazer seu dinheiro render. Calma! Você já considerou as alternativas de investimentos em agronegócio?

Independentemente da sua resposta, você precisa ler este conteúdo até o final. No post, você vai conhecer algumas modalidades interessantes para investir no agronegócio, conhecendo os benefícios e as perspectivas de retorno para cada uma delas.

Ao final da leitura, você estará mais informado (e preparado) para diversificar seus investimentos com segurança, garantindo expressivos ganhos futuros. Preparado? Vamos lá!

1. Piscicultura

De acordo com uma publicação recente do Portal Brasil, a produção de pescado em 2015 ultrapassou as 483 mil toneladas — um acréscimo de 1,5% em relação ao ano anterior. Outro importante dado do estudo divulgado foi o aumento na preferência pelos peixes: segundo o Ministério da Agricultura, a média anual de consumo é de 14.4 kg por habitante, índice que inclusive supera o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 12 kg por habitante/ano.

Como investimento, a piscicultura desponta como uma opção atrativa. A despesa recorrente com alimentação dos peixes, por exemplo, corresponde a aproximadamente 80% dos custos totais de produção — e, além disso, é necessário investir em mão de obra qualificada e em manutenção de equipamentos, garantindo que o cultivo tenha o melhor desempenho possível.

No que compete aos lucros, é válido mencionar que os ganhos costumam girar em torno de 80% a 100%, configurando um excelente retorno sobre o investimento. Muito em função dos avanços tecnológicos, que contribuíram enormemente para conferir mais produtividade à criação, as perspectivas de retorno são expressivas: a tendência é que a demanda aumente, que a oferta seja contínua e que os preços permaneçam estáveis.

2. Apicultura

A criação de abelhas para comercialização de mel vem crescendo consideravelmente no país. De acordo com a Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), a qualidade do manejo e a produtividade da atividade cresceram consideravelmente nos últimos anos, favorecendo o crescimento das exportações. Em 2014, cerca de 80% da produção era escoada aos Estados Unidos e à Europa.

Como investimento, a apicultura provê oportunidades para gerar renda e empregos (diretos e indiretos) a partir de uma alocação comedida de recursos — ou seja, não exige grandes quantias para viabilizar o disparo da produção. Justamente por isso, a opção pelo modelo vem sendo cada vez mais expressiva.

Ao pequeno investidor, que deseja segurança e garantia a longo prazo, é interessante considerar a apicultura como uma possibilidade viável. Além dos retornos financeiros, a atividade promove benefícios sociais e ambientais, perpetuando a valorização da espécie e permitindo a inclusão econômica de uma força de trabalho menos qualificada.

3. Florestas

Muito embora seja um investimento relativamente pouco conhecido, as florestas são financeiramente lucrativas e ambientalmente indispensáveis. A cada muda plantada, os benefícios se estendem à sociedade de uma forma impressionante — impactando positivamente as condições climáticas e atmosféricas, por exemplo — e extrapolam os retornos ao investidor, indo além do monetário.

Ao optar por alocar recursos no segmento florestal, o pequeno investidor tem acesso a uma oportunidade que, até pouco tempo, era restrita aos grandes fundos. A partir de pequenas quantias, é possível aderir a um contrato coletivo, que garante participação nos lucros comerciais obtidos com a produção de madeira.

Trata-se de um investimento de longo prazo, com retorno previsto entre 15 e 20 anos, e alta lucratividade — algo entre 8% e 14% ao ano. Os riscos são baixos, configurando um cenário promissor para construir consistentes reservas futuras. Vale a pena conhecer um pouco mais sobre a modalidade!

Ficou interessado? Então aproveite para conhecer também algumas dicas valiosas que vão ajudar você a se preparar para investimentos de longo prazo.

Sobre RockContent

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *