Como funciona o mercado de madeiras nobres no Brasil?

Tempo de leitura: 3 minutos

Engana-se quem pensa que o agronegócio ainda funciona nos antigos moldes. As alternativas ao gado, aliás, vêm conquistando cada vez mais espaço. Isso se deve, em grande parte, às mudanças ocorridas no perfil do consumidor final e também na mentalidade do investidor. 

Afinal, a preocupação com a sustentabilidade é crescente nos mais diferentes âmbitos da sociedade, felizmente. Nesse sentido, o mercado de madeiras nobres surge como uma opção interessante, principalmente pelas possibilidades que esse tipo de investimento traz.

Continue lendo o texto para saber mais sobre o assunto!

O que é o mercado de madeiras nobres?

Primeiramente, para entender essa via mercadológica, é preciso compreender o conceito de madeira nobre.

Essa categoria, popularmente conhecida como madeira de lei, abrange aquelas que são resistentes ao ataque de insetos, possuem propriedades tecnológicas (melhor aplicação) e ainda têm um valor diferenciado de beleza. Algumas espécies que exemplificam isso muito bem são:

  • teca;
  • mogno africano;
  • guanandi;
  • cedro australiano;
  • peroba-rosa;
  • jequitibá;
  • pau-brasil.

Portanto, esse mercado consiste no investimento em tipos que se enquadram nos parâmetros legais de comercialização. As três primeiras se destacam porque estão dentro da legislação, têm manejo relativamente simples e são bem cotadas do ponto de vista financeiro. 

Por que vale a pena investir no mercado de madeiras nobres?

Além de ajudar a preservar florestas nativas e ainda lucrar com isso, investir nesse mercado vale a pena por uma série de motivos. Veja os principais: 

Está em alta no Brasil

Um investimento depende não só de índices e números: você também precisa conhecer os movimentos que se escondem por trás da frieza numérica.

Parece complexo, não é mesmo? Matéria publicada na revista Época, no entanto, ajuda a compreender melhor esse aspecto. Em entrevista ao veículo de comunicação, o diretor Renato Moraes de Jesus disse, a respeito do plantio comercial de espécies nativas:

Sem considerar os aspectos ambientais que os reflorestamentos em uso múltiplo e longevos propiciam, vale a pena pela existência de determinadas espécies com alto valor madeireiro e comercial. Isso junto com o potencial de crescimento com melhoramento florestal. Para ter uma ideia, com uma simples seleção precoce, já é possível ter ganhos de até 15% no incremento volumétrico.

Para se ter ideia, títulos atualmente atrativos, como o Tesouro Direto, chegam à rentabilidade de, aproximadamente, 7%. Os investimentos florestais, por sua vez, podem variar entre 11% e 17%, gerando uma renda maior. 

É ótimo para o longo prazo

Por conta do que as madeiras nobres podem render, elas se mostram como excelente opção para investir a longo prazo. A excelente lucratividade surge como alternativa interessante à aposentadoria, propiciando boas condições para o futuro. 

Vale frisar que o risco, parte integrante de qualquer investimento, é bastante baixo quando comparado a outras oportunidades oferecidas pelo mercado financeiro. 

Como investir no mercado de madeiras nobres?

Procure empresas que sejam especialistas nesse segmento. Atualmente, é possível fazer tudo on-line, com segurança, adquirindo títulos por meio de um crowdfunding. Assim, você compra a cota que mais se encaixa nas suas demandas.

Dessa forma, o mercado de madeiras nobres combina o planejamento financeiro ao reflorestamento, porque protege as matas nativas e ainda pode trazer ganhos significativos para o seu bolso. 

Se você gostou deste texto e quer saber mais, entre em contato conosco! Será um grande prazer ajudá-lo. 

Sobre RockContent

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *